fbpx

Energia Solar Fotovoltaica: Guia Definitivo

Rota Solar Energia Renovável > Energia Solar > Energia Solar Fotovoltaica: Guia Definitivo

Se você nunca ouviu falar de Energia Solar Fotovoltaica ou se você já pesquisou sobre o assunto, mas ainda restam algumas dúvidas, pegue um café, uma água e um lanchinho, como um queijo minas e aproveite o conteúdo, que vou te explicar tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O que você vai ver nesse post.

Benefícios do Sistema de Energia Solar Fotovoltaico

Existem benefícios diretos e indiretos relacionados a esse tipo de tecnologia.

Os benefícios diretos estão ligados diretamente ao usuário da Energia Solar, que tem um sistema instalado, já os benefícios indiretos estão relacionados a contribuições sociais ou ambientais.

Os principais benefícios da Energia Sola Fotovoltaica são:

Redução de até 95% na conta de energia elétrica

Com a instalação de um Sistema de Energia Solar Fotovoltaica você passa a pagar apenas o custo de disponibilidade da energia elétrica, que varia entre 30 e 100kWh/mês.

Proteção Contra a Inflação Energética

O aumento da tarifa de Energia deixa de ser uma preocupação, já que você passa a pagar apenas o custo de disponibilidade, ou seja, não sente os efeitos do aumento das tarifas, mantendo o valor da sua fatura de energia elétrica fixo.

Valorização do Imóvel

Estudos comprovam que imóveis com sistema de energia solar têm um aumento médio de 3% a 6% no seu valor, se comparados aos imóveis sem painéis fotovoltaicos instalados.

Rápido Retorno do Investimento (ROI)

Realizando cálculos simples, pode-se verificar que o sistema se paga, em média, entre 3 e 5 anos apenas com o valor da economia gerada.

Longa Vida Útil do Sistema

Os sistemas de Energia Solar continuam possuem uma garantia de 25 anos de saída de potência linear (80%), ou seja, daqui 25 anos os painéis devem estar funcionando, no mínimo, com 80% da sua capacidade inicial.

Mas os inversores têm uma vida útil e garantia que podem variar de 1 a 5 anosnos inversores tradicionais String e de até 25 anos nos sistemas de tecnologia MLPE.

Baixa Manutenção

A manutenção dos sistemas em condições normais se resume em limpeza dos painéis e manutenção preventiva.

Contribuição com o sistema energético brasileiro

Com a matriz energética brasileira à beira de um novo colapso, novas fontes de energia reduzem os riscos de apagão ou mesmo a incidência de bandeiras tarifárias.

Sustentabilidade

É uma energia realmente limpa, não emite gases poluentes e não represa rios.

Os painéis são feitos de silício, o segundo material mais abundante no planeta.

Geração de empregos

Segundo estudos da ABSOLAR, em 2020 já foram gerados mais de 120mil empregos envolvendo as atividades de instalação de Sistemas de Energia Solar.

Quer aproveitar todos esses benefícios? Solicite um orçamento clicando abaixo.

Conheça detalhadamente todos os benefícios da energia solar clicando aqui.

Como funciona o Sistema de Energia Solar Fotovoltaico

O sistema de geração de energia solar fotovoltaica é extremamente simples e pode ser resumido em um infográfico, que você confere a seguir.

Saiba como funciona um sistema de energia solar em outra postagem, clique aqui e veja em detalhes.

Processo de geração e Ciclo de Faturamento do Sistema de Energia Solar

O funcionamento do Sistema, como visto, é extremamente simples.

Entretanto, a geração e os benefícios vão variar de acordo com o dimensionamento de cada sistema e o seu perfil de consumo.

A produção de energia solar segue a seguinte dinâmica: durante o dia, com a incidência dos raios solares diretamente nas placas, o sistema gera energia suficiente para abastecer o consumo no período de utilização da energia elétrica enquanto o sistema está gerando.

No projeto é previsto uma produção maior do que o consumo para que haja a compensação dos valores nos períodos com sombreamento, em que há uma redução na geração, ou à noite, quando não ocorre a incidência de raios solares.

Quando a geração for maior que o consumo, o consumidor pagará apenas o custo de disponibilidade e acumulará créditos.

Por outro lado, quando o consumo for maior do que a geração, o usuário poderá utilizar créditos ou pagará pela diferença.

Veja, portanto, que o valor a ser pago no final do mês vai depender do dimensionamento do sistema e do perfil de consumo da unidade.

Outro grande benefício do sistema de energia solar é que você pode compartilhar o crédito com outros imóveis, veja a seguir como funciona.

Geração distribuída – autoconsumo remoto

A produção de Energia Elétrica por um sistema fotovoltaico gera créditos que podem ser utilizados pelo próprio imóvel gerador ou por outros imóveis, desde que a conta de energia esteja no mesmo CPF ou CNPJ.

Se você tem uma empresa, uma chácara, uma fazenda, ou seja, mais de um imóvel abastecido pela mesma companhia energética, no caso de Goiás a Enel, você poderá compartilhar os créditos gerados pelo seu sistema solar com todas as outras unidades consumidoras.

Diferenças de tecnologia

Existem diferentes tecnologia na geração de Energia Solar. As mais utilizadas são:

  • String box (a mais utilizada);
  • MLPE com microinversores; e
  • MLPE com otimizadores de potência.

Vamos falar de cada uma dessas tecnologias de forma mais detalhada a seguir.

String

Nos inversores tradicionais ou string box os painéis são montados em série de corrente contínua e chegam ao inversor com a potência máxima, podendo chegar até 1500v, sendo todo ligado em um inversor, que faz a função de otimizar o sistema e converter a corrente contínua em corrente alternada.

MLPE – Microinversores

Nesse tipo de tecnologia são instaladas no máximo 4 painéis ao microinversor, sendo necessária a instalação de vários inversores em um sistema, que já fazem as duas funções: otimização e inversão da corrente, sendo ligados diretamente ao quadro de distribuição.

MLPE – Otimizadores de potência

No sistema MLPE com otimizadores de potência, as funções são divididas, ou seja, tem um equipamento instalado nas placas, sendo instaladas no máximo duas placas por otimizador, e um outro equipamento faz a inversão da corrente elétrica.

Rendimento na Produção de Energia

Em relação ao rendimento na produção de energia elétrica, os sistemas string possuem uma grande desvantagem se comparado à tecnologia MLPE, seja por microinversores ou otimizadores de potência, que possuem rendimento de produção muito parecidas.

No sistema tradicional string, como as placas são ligadas em série, a produção de cada módulo se nivela pela produção do painel de menor potência, ao contrário do sistema MLPE em que os painéis são ligados individualmente nos microinversores ou nos otimizadores de potência, e a produção de cada módulo não interfere no rendimento um do outro.

Veja a ilustração a seguir:

Assim, na tecnologia de inversores tradicionais os módulos devem estar na mesma inclinação e orientação pois caso algum módulo esteja instalado de forma diferente, cairá o rendimento da produção do sistema.

Outro fator que altera a produção de energia dos painéis é o efeito que sujeiras ou qualquer falha em um dos painéis produz.

Neste cenário, o rendimento de todas as outras placas solares ficará comprometida na tecnologia tradicional, porém, na tecnologia MLPE somente as placas sujas ou com alguma falha diminuirão sua produção.

Segurança

A segurança é o item mais crítico na hora de escolher um sistema de Energia Solar.

Você já deve ter observado uma faísca quando pluga um equipamento na tomada ou liga um interruptor, principalmente naqueles interruptores mais antigos, amarelos.

Esse fenômeno é chamado arco elétrico.

E eles são inofensivos porque ocorrem a 220v.

Entretanto, nos sistemas string os painéis são ligados em série, chegando a 1500v em corrente contínua.

Já imaginou um arco elétrico nessa voltagem? Pois é, isso não tão incomum nesse tipo de sistema.

Isso não acontece nos sistemas com tecnologia MLPE pois os painéis são ligados individualmente nos microinversores ou otimizadores de potência.

Portanto, os sistemas MLPE são mais seguros do que os de tecnologia string.

Vida útil e garantia

Quando você vai escolher uma televisão, um veículo, um telefone celular, independente da vida útil, que pode passar de 20 ou 30 anos, um ponto a ser observado é a garantia.

Porque de nada adianta uma vida útil longa se o equipamento parar de funcionar logo após o término do prazo de garantia, o que muitas vezes invalida o equipamento.

Da mesma forma é com a energia solar.

O prazo de garantia dos inversores string variam de 1 a 5 anos.

Já os inversores com tecnologia MLPE variam de 15 a 25 anos, ou seja, cobrem o maior período de vida útil do equipamento, garantindo o seu investimento.

Monitoramento individual dos módulos no sistema

Com sistemas MLPE é possível monitorar individualmente a produção de cada módulo fotovoltaico, o que possibilita uma visão detalhada do desempenho do sistema.

Quando há falhas em módulos fotovoltaicos ou em microinversores é bem mais fácil detectar qual é a falha e rapidamente consertá-la.

Veja como funciona o monitoramento em um sistema MLPE.

Já no monitoramento de sistemas tradicionais, caso haja alguma falha em algum módulo, no inversor ou em algum cabeamento, por exemplo, o sistema simplesmente para de funcionar e para consertá-lo, será preciso testar cada componente até encontrar a falha.

Isso custará tempo e dinheiro (afinal seu sistema inteiro parou de produzir energia solar).

Expansão do sistema

A facilidade na expansão do sistema também apontam como principal vantagem  inerente à categoria MLPE, podendo ser realizada módulo a módulo.

Diferente dos inversores tradicionais, que precisam ter um número mínimo e máximo de módulos para funcionarem.

Clique aqui e veja as diferenças de tecnologia em detalhes.

Qual o custo de instalação de um Sistema de Energia Solar?

O custo de instalação do Sistema de Energia Solar Fotovoltaico vai depender bastante do perfil de cada consumidor.

Para fins de mero exemplo, seguem alguns valores de implantação, geração e de payback de alguns sistemas:

Tamanho do Sistema KWH Gerado Geração Mensal Crédito Anual Custo Pay Back Real
0,85 119,65 R$ 100,11  R$ 1.201,32  R$ 8.360,00 5,87
1,7 239,30 R$ 200,22  R$ 2.402,64  R$ 13.416,80 4,88
2,55 358,95  R$ 300,33  R$ 3.603,96  R$ 19.295,40 4,70
3,4 478,60  R$ 400,44  R$ 4.805,28  R$ 22.739,00 4,23
4,25 598,25  R$ 500,55  R$ 6.006,60  R$ 27.287,00 4,08
4,675 658,08  R$ 550,60  R$ 6.607,26  R$ 28.300,00 3,88
5,1 717,90  R$ 600,66  R$ 7.207,92  R$ 30.675,30 3,85
5,525 777,73  R$ 650,71  R$ 7.808,58  R$ 32.680,00 3,80
5,95 837,55  R$ 700,77  R$ 8.409,24  R$ 35.074,60 3,79
6,375 897,38  R$ 750,82  R$ 9.009,90  R$ 37.387,67 3,77
6,8 957,20  R$ 800,88  R$ 9.610,56  R$ 39.675,40 3,75
7,225 1017,03  R$ 850,93  R$ 10.211,22  R$ 42.028,33 3,74
7,65 1076,85  R$ 900,99  R$ 10.811,88  R$ 44.168,60 3,72
8,075 1136,68  R$ 951,04  R$ 11.412,54  R$ 46.374,55 3,70
8,5 1196,50  R$ 1.001,10  R$ 12.013,20  R$ 48.211,00 3,66

*Esses valores são meramente estimativos feitos com base unicamente na quantidade de painéis e com tabela de referência dos equipamentos no mês de maio. A sua confirmação depende de visita técnica e varia de acordo com muitos fatores, tais como condições de telhado, tarifa de energia, localidade, sombreamento.

Considerando que o prazo de garantia do sistema é de até 25 anos, você poderá aproveitar no mínimo 19,10 anos da economia gerada pelo sistema, no pior dos casos que é instalando apenas 2 painéis.

Quer saber quanto ficaria para instalar um sistema na sua casa ou empresa? Clique no botão abaixo e faça uma simulação.

Instalar um Sistema de Energia Solar é caro?

Tudo vai depender do seu referencial do que é caro.

Se comparar com um carro, por exemplo, podemos fazer a seguinte comparação.

Comprando um carro no valor de R$45.000,00, você tem vários custos, além da depreciação média de 20% ao ano do veículo.

Se você pegar esse mesmo valor e investir em um Sistema de Energia Solar, com a economia gerada dá pra pagar a prestação do carro e ainda valoriza o seu imóvel.

Então a questão de ser ou não caro depende muito da sua percepção entre investimento e custo.

Compensa instalar um Sistema Fotovoltaico?

Se mesmo assim você ainda acha que não compensa instalar um Sistema de Energia Solar Fotovoltaico, existem duas possibilidades.

Ou você ainda está achando o valor um pouco alto ou está aguardando a tecnologia se popularizar para que os valores fiquem mais atrativos.

Enquanto você decide se instala ou não um Sistema de Energia Solar no seu imóvel, você está pagando todos os meses a conta de energia elétrica e dando lucro para a concessionária de energia elétrica.

Ou seja, está perdendo dinheiro, já que pagar por energia não te trará retorno algum.

E se ainda assim está achando cara a instalação, basta fazer algumas contas básicas com o consumo de energia elétrica e a economia que um sistema gera, pra perceber que após retornar o investimento, você só terá lucros.

Se quiser ter uma noção mais exata, compare o retorno do investimento com o investimento em poupança, tesouro direto e fundos de renda fixa.

Portanto, mesmo que você pense que o valor do sistema vai abaixar mais ainda, ou que os juros de financiamento são caros ou mesmo que não é pra você nesse momento, enquanto você pensa está pagando conta de energia.

Ou seja, perdendo dinheiro, pois o valor que você paga para a concessionária não vai voltar para o seu bolso, ao contrário de um Sistema de Energia Solar.

Até porque existem várias formas de pagar por uma instalação, que você só vai ficar sabendo se ler o tópico abaixo.

Saiba mais sobre o custo de instalação de um Sistema de Energia Solar nesse link.

Opções de pagamento

Quanto aos valores sugeridos no tópico do custo de instalação, não se preocupe.

Existem várias formas de você pagar o seu sistema sem ter que mexer no seu orçamento, e nós vamos te mostrar algumas opções.

Antes, verifique quanto fica o valor de um sistema para a sua necessidade, para ter um ponto de partida na escolha da melhor opção de pagamento clicando no botão abaixo.

Com o valor do sistema em mãos, existem algumas possibilidades:

  • Pagamento à vista, com desconto de 5%;
  • Em até 72x por financiamento bancário.

Opções de financiamento

Essa é a melhor opção caso não tenha o valor do investimento.

Mas para essa opção seu CPF ou CNPJ não pode estar com restrição e você tenha condições de aprovar um financiamento bancário.

Confira alguns bancos que oferecem linha de financiamento para o seu sistema:

  • Banco do Brasil
  • BV Financeira
  • Caixa
  • Santander
  • Banco do Nordeste
  • BNDES
  • BRDE

E nós te daremos toda a assistência para escolher a melhor linha de financiamento e celebrar o contrato com o banco ou agente financeiro com tranquilidade.

Clique aqui e conheça as principais linhas de financiamento disponíveis.

Tarifa mínima

A tarifa mínima é também chamada de custo de disponibilidade.

É o valor cobrado pelas concessionárias de energia elétrica para cobrir os custos de geração e distribuição de energia, deixando toda a estrutura pronta para você utilizar.

Além do custo de disponibilidade, ainda tem a Contribuição

Segundo a Resolução 456/2000 da ANEEL, as companhias de energética podem cobrar os seguintes valores:

  • Para as unidades monofásicas e bifásicas com dois condutores, o valor em moeda corrente será o equivalente a 30 kWh;
  • Para as unidades bifásicas a cobrança mínima será equivalente a 50 kWh; e
  • Para as unidades trifásicas o valor corresponderá a 100 kWh.

Lembrando que esses valores são cobrados mesmo que não haja consumo ou você consiga produzir toda a energia referente ao seu consumo.

Clique aqui e veja o post completo.

Quem já investiu em Energia Solar Fotovoltaica

Dentre as mais de 200.000 ligações de Energia Solar no Brasil estão grandes players do mercado, que já estão colhendo os benefícios.

  • Leroy Merlin
  • Mercadão de Madureira
  • Produtor de Soja
  • Shell vai investir em geração de usina solar

Ou seja, se grandes players do mercado estão investindo em Energia Solar é porque o negócio dá certo.

Quer saber quanto fica para implantar na sua casa? Clique no botão abaixo e solicite um orçamento.

Cuidados na Hora de Contratar

Considerando que você vai fazer um investimento de 25 anos no mínimo, é importante saber os cuidados na hora de contratar uma empresa para fazer a sua instalação.

Confira alguns itens que devem ser analisados na hora de escolher seu sistema:

Atendimento

Você deve analisar se a empresa está apenas de empurrando um sistema de Energia Solar ou se está tirando todas as suas dúvidas, atuando como um consultor.

Custo

Deve ser feita a comparação do custo de implantação entre sistemas de mesma tecnologia.

Não deve ser o único elemento a ser analisado, pois nem sempre o mais barato é o melhor, por exemplo, a tecnologia MLPE é mais cara que a tradicional, porém, tem maior vida útil.

Garantias e manutenção

Esse é um dos principais itens que deve ser analisado.

Os equipamentos com tecnologia MLPE oferecem garantia de até 25 anos, já os inversores tradicionais oferecem garantia de 1 a 5 anos.

Confiança

Quando solicitar um orçamento, você deve ter muita atenção com os detalhes.

Existem casos em que é apresentado um orçamento subvalorizado apenas para ganhar a disputa de preço e o sistema ofertado, depois de instalado, acaba não suprindo às suas necessidades.

Assim, na hora de escolher uma para fazer a instalação de um Sistema de Energia Solar, é necessário verificar se a equipe de atendimento está te oferecendo as opções disponíveis e te oferecendo uma proposta transparente.

Como visto, os benefícios são vários:

  • Economia de até 95% na conta de energia;
  • Proteção contra a inflação energética;
  • Valorização do seu imóvel;
  • Retorno do investimento de 3 a 5 anos;
  • Garantia de até 25 anos;
  • Baixo custo de manutenção;
  • Ajuda o meio-ambiente, utilizando um recurso realmente renovável;
  • Auxilia o Sistema Energético Nacional.

Além disso, é um sistema simples de instalar, pois você só vai precisar passar as informações e a empresa cuidará de tudo: projeto elétrico, solicitação de conexão do sistema de energia solar à concessionária de energia, instalação, solicitação de vistoria para a distribuidora de energia; ou seja, todo o acompanhamento para te entregar o sistema funcionando.

Caso não possua recursos próprios para fazer a instalação, existem opções de financiamento, que muitas vezes substituem o valor da sua conta de energia, que varia mensalmente, por uma prestação, que realmente é fixa.

E para conseguir tirar o máximo proveito, é preciso ter atenção na hora de escolher a empresa que vai fazer a instalação no seu imóvel, bem como a tecnologia do sistema oferecido, se inversor tradicional string ou tecnologia MLPE.

Lembrando as vantagens de se instalar um sistema com tecnologia MLPE, como:

  • Prazo de garantia;
  • Segurança; e
  • Melhor rendimento de produção.

Por fim, é bom sempre atenção na hora de escolher a empresa para adquirir seu Sistema.

Quer uma empresa que tenha todo o conhecimento, que você pode confiar, que oferece a melhor tecnologia? Clique abaixo e faça uma simulação.

Ligar Agora
Enviar WhatsApp
×